Andrea Borges

Diplom-Dolmetscherin

Você fez interpretação do Barack Obama?

Sim, também. Além disso do Papa Francisco, de Ban Ki-Moon e David Cameron, da Angela Merkel, de Hannelore Kraft e Klaus Töpfer. Porém, o trabalho do meu dia-a-dia é um pouquinho diferente.

Normalmente empresto minha voz para pessoas “bastante normais”: Chefes de setor, técnicos, comitês empresariais, cientistas. Ou seja: Especialistas que atribuem grande valor a competência e precisão na intermediação. E trabalhos com essas pessoas me trazem tanta satisfação pessoal quanto com pessoas famosas. 

Clientes

De ministérios nacionais, passando por fundações políticas e ONGs, até instuições educacionais; de pequenas empresas até grandes multinacionais: Minha clientela é variada e interessante. E o que mais importa: Satisfeita!
No entanto gostaria de destacar que, pelo fato de discrição ser tão essencial em meu trabalho, tanto para mim quanto para os meus clientes, não é possível publicar uma lista completa dos meus clientes. Projetos referenciais, no entanto, podem ser citados no caso de uma solicitação concreta de trabalho.

Tipos de eventos

Em minha trajetória trabalhei em diversos eventos. Cada um deles é especial e por isso exige uma preparação meticulosa. Listarei alguns exemplos que ilustram a abundância da diversidade de seus formatos:
Conferência para Segurança no Esporte em Doha (Catar), negociações comerciais em Bruxelas entre a União Europeia e o Mercosul, cerimônias de premiação em Luxemburgo, negociações pré-contratuais no Aeroporto de Frankfurt, visitas a estádios, a estações de tratamento de esgoto, ao Parlamento Nacional Alemão, sessões de capacitação técnica na área de produção, cursos de aperfeiçoamento profissional, viagens de incentivo, paineis de debate, conferências de imprensa, apresentações de produtos... Até mesmo interpretação televisiva pertence ao leque de possibilidades.
Andrea Schanbacher

Falando nisso: 

Por mais comum – ou incomum – que seja o local do seu evento, até hoje sempre deu certo encaixar uma cabine de interpretação!